Sobe para 14 número de mortes causadas por "Irene" nos EUA

Uma pessoa morreu no estado de Connecticut em um incêndio em sua casa

Washington - A passagem do furacão "Irene", transformado em tempestade tropical ao atravessar Nova York, causou a morte de 14 pessoas e deixou milhões de pessoas sem eletricidade nos Estados Unidos.

Uma pessoa morreu no estado de Connecticut em um incêndio em sua casa, causado aparentemente pela queda de fios da rede elétrica, segundo o governador do estado, Dan Malloy.

Em Nova Jersey, uma mulher morreu ao ficar presa em seu veículo em uma inundação, enquanto no estado de Maryland outra mulher perdeu a vida após uma árvore cair sobre sua casa.

Duas pessoas morreram no litoral da Flórida arrastadas pela correnteza e na Virgínia, um dos primeiros estados a sofrer os efeitos do furacão, quatro óbitos foram registrados, todos eles relacionados a queda de árvores.

O estado onde há o maior número de vítimas até o momento, cinco, é a Carolina do Norte, onde "Irene" tocou a terra no sábado como um furacão de categoria 1 na escala de Saffir-Simpson, de um máximo de cinco.

O olho de "Irene" atingiu uma área perto de Coney Island, na cidade de Nova York, "com ventos máximos sustentados de 100 km/h por volta das 9h do horário local (10h de Brasília)", indicou o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC, na sigla em inglês), em um boletim especial.

A chegada da tempestade tropical à cidade de Nova York deixou mais de 200 mil pessoas sem luz e provocou as primeiras inundações em lugares próximos ao rio Hudson.

As autoridades haviam determinado a evacuação obrigatória de cerca de 370 mil pessoas que vivem nas áreas com maior risco de inundações e calcula-se que aproximadamente 9.500 nova-iorquinos passaram a noite do sábado em alguns dos 91 abrigos dispostos pela cidade.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.