Síria rejeita pedido da Liga Árabe de Assad passar o poder

Governo ditatorial classificou o pedido como um "complô conspiratório"

Damasco - A Síria rejeitou hoje o pedido da Liga Árabe de que seu presidente, Bashar al-Assad, passar o poder ao vice-presidente e a qualificou de 'complô conspiratório', informou a agência de notícias oficial, Sana, que cita uma fonte oficial.

Segundo a fonte, a Síria considera a resolução adotada no domingo como 'uma violação de sua soberania nacional, uma interferência flagrante em seus assuntos internos e uma infração descarada dos estatutos da Liga Árabe'.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.