A página inicial está de cara nova Experimentar close button
Conheça o beta do novo site da Exame clicando neste botão.

Será golpe? Trump diz que pode não aceitar resultado das eleições

Presidente americano afirmou que “terá de ver” se aceita o resultado da votação, marcada para novembro. Joe Biden, seu oponente, abriu 15 pontos de vantagem

Em entrevista ao programa Fox News Sunday, na TV americana, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não confirmou se aceitará o resultado das eleições presidenciais, marcadas para novembro. Trump disse que “terá de ver” se a votação será legítima. Sem evidências, ele alega que o sistema de votação pelo correio pode ser fraudulento. 

Durante o programa, o apresentador Chris Wallace apresentou ao presidente dados de uma pesquisa realizada pelo canal, que mostram o democrata Joe Biden à frente do republicano com oito pontos de vantagem. Trump qualificou a pesquisa de “fake”. “Eu não vou perder porque essas pesquisas são falsas”. afirmou o presidente. 

Wallace também perguntou a Trump se ele é um bom perdedor. Como resposta, ele falou que “depende” e repetiu as alegações sobre os votos pelo correio. Por conta da pandemia, alguns estados estão intensificando a votação à distância e o presidente vem criticando o sistema desde o início da campanha. “Acredito que o voto pelo correio vai comprometer a eleição”, afirmou Trump. 

Biden abre vantagem

Outra pesquisa, realizada pela rede de TV ABC, mostra Biden à frente por 15 pontos. Entre os eleitores que, provavelmente, irão votar (o voto não é obrigatório nos EUA), a vantagem do democrata é de 10 pontos. 

A maneira como o atual presidente vem lidando com a crise do coronavírus se mostra especialmente importante nesta eleição. 

O presidente sofre resistência até mesmo dentro do Partido Republicano. Segundo a agência de notícias Reuters, Centenas de autoridades que trabalharam para o ex-presidente republicano George W. Bush devem declarar seu apoio ao candidato presidencial democrata. 

Já Biden sofre pressões de grupos divergentes de seu partido para acelerar a escolha da vice-presidente em sua chapa. Ele se comprometeu a escolher uma mulher e já está entrevistando as candidatas. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também