A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Senado aprova reforma educacional no México

Resultado é uma importante vitória no objetivo do presidente Pena Nieto de reformar algumas das instituições do país que são mal administradas.

Cidade do México - O Senado aprovou por maioria esmagadora a reforma educacional proposta pelo presidente mexicano Enrique Pena Nieto, em uma importante vitória no objetivo do presidente de reformar algumas das instituições do país que são mal administradas.

O Senado aprovou por 102 votos a favor e 22 contra um sistema padronizado de contratações e promoções com base em testes que darão ao governo instrumentos para reduzir o controle dos sindicatos de professores sobre os profissionais do setor.

Os sindicatos de professores são acusados de corrupção e pelo desempenho ruim das escolas mexicanas, que possuem custos elevados e os piores resultado entre os 34 países da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE).

"A herança e a venda de empregos acabou", afirmou o secretário da Educação, Emílio Chauyffet em sua conta no Twitter. "O mérito é o significado ideal para o acesso e progresso na carreira de professor".

O resultado da votação abre espaço para Pena Nieto avançar em uma série de reformas, inclusive as mais controversas, como a medida que derruba um dos tabus mais antigos no México ao permitir investimentos privados na empresa estatal de petróleo

Apesar de aprovada, a reforma recebeu críticas de defensores da educação que afirmam que uma série de concessões feitas ao menor dos principais sindicatos de professores mina a capacidade de a reforma criar uma mudança real no sistema educacional do país.

Grande parte do mal funcionamento do sistema educacional mexicano é atribuído ao relacionamento criado a mais de 50 anos entre o Partido Revolucionário Institucional e os sindicatos de professores, que ganharam um controle cada vez maior do sistema educacional em troca de apoio nas urnas.

Durante anos, os sindicatos desenvolveram um sistema corrupto de contratação e promoção de professores. Os novos professores só conseguem vaga nas escolas por meio do sindicato, uma prática que aumentou o nível de corrupção, que inclui a venda e a herança de cargos de professor nas escolas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também