Queda de helicóptero da ONU no Sudão do Sul mata 4 pessoas

Em comunicado, a UNSMIS assinalou que o helicóptero caiu na zona de Likuangole, no leste do estado de Yoglei

Cairo - Os quatro membros da tripulação de um helicóptero da ONU morreram nesta sexta-feira após a queda do aparelho por causas desconhecidas no Sudão do Sul, informaram a missão das Nações Unidas neste país (UNSMIS) e o Governo de Juba.

Em comunicado, a UNSMIS assinalou que o helicóptero caiu na zona de Likuangole, no leste do estado de Yoglei.

No incidente, morreram todos os membros da tripulação, cujas nacionalidades não foram especificadas na nota.

Em declarações à Agência Efe por telefone, o ministro da Informação do Sudão do Sul, Barnaba Marial Benjamin, confirmou a informação e ressaltou que as autoridades deste país colaboram com a ONU para esclarecer as causas do incidente.

Além disso, explicou que na área onde o helicóptero caiu não há uma grande atividade rebelde, embora haja grupos isolados dos Yau Yau, uma das organizações dissidentes que permaneceram na ativa desde a independência do Sudão do Sul em julho de 2011.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também