Quanto do muro de Trump realmente foi construído na fronteira?

O muro na fronteira com o México tem 452 milhas, ou pouco mais de 730 quilômetros de extensão, de acordo o Controle de Fronteira dos Estados Unidos

Uma das promessas de campanha de Donald Trump, o muro na fronteira com o México tem 452 milhas, ou pouco mais de 730 quilômetros de extensão, de acordo com a última atualização feita, no dia 5 de janeiro, pelo Controle de Fronteira dos Estados Unidos.

Na semana passada, o porta-voz da Casa Branca, Judd Deere, disse que a maior parte deste total - cerca de 400 milhas - foram construídos durante a gestão Trump. A fala foi para justificar um dos últimos atos do presidente, que deixa o posto nesta quarta-feira, 20, quando inaugurou um pedaço construído na cidade de Alamo, na fronteira com o Texas.

Para saber quanto Trump ergueu do muro de fato, é necessário entender que há vários tipos de construção, entre muros, cercas e um novo sistema implementado pelo republicano.

Se contar toda e qualquer barreira que há entre o México e os Estados Unidos, são mais de 650 milhas, quase 1.000 quilômetros, um terço do total da fronteira entre os dois países. As estruturas passam por quatro estados, sendo o Texas o que tem menos estruturas de muro construídas.

Os 730 quilômetros que Trump diz ter construído, aproximadamente 128 quilômetros foram realmente feitos onde não havia nenhuma barreira, segundo reportagem da BBC. O restante foi uma substituição de muros já existentes por um novo sistema, mais reforçado.

Tamanho do muro construído entre México e Estados Unidos.

Tamanho do muro construído entre México e Estados Unidos. (Controle de Fronteira dos Estados Unidos/Divulgação)

Este novo sistema é feito de barras de aço, com bases de concreto que são fincadas abaixo do solo, para tentar impedir a escavação de túneis. No topo, há placas de metal para impedir que qualquer pessoa tente escalar. A altura é de cerca de 8 metros.

Apesar de Trump sempre dizer que o México pagaria pelo muro, o custo total foi de 15 bilhões de dólares foi bancado com diversas fontes de recursos, como do próprio governo e de doações de entidades.

O que Biden fará com o muro

Desde a campanha, o novo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse que vai alterar as políticas mais restritivas de imigração, impostas pela gestão Trump. O democrata também disse que não pretende construir mais quilômetros de muro.

Em seu último ato na fronteira com o México, na semana passada, Trump disse que a próxima gestão não deveria nem cogitar derrubar a barreira construída.

“Nós trabalhamos muito para terminar este trabalho, disseram que nós não faríamos e fizemos. Estamos aqui com o pessoal de serviço de alfândega. Ele é de concreto e aço por dentro, com barras por dentro, o mais forte possível, e estou 100% seguro de que ele é forte. O próximo governo não pode pensar em derrubar. Quando vemos como ele é importante para o nosso país, não vão pensar em derrubá-lo”, disse ele em discurso na cidade de Alamo, no Texas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.