Putin defende rearmamento para reforçar fronteiras com Europa

O governo russo já trabalha desde o ano passado em um novo programa de rearmamento que deve ser concluído até 2025

Moscou - O presidente russo, Vladimir Putin, afirmou nesta terça-feira que o novo programa de rearmamento até 2025 no qual seu governo trabalha é necessário para reforçar as fronteiras do país com a Europa e o Ártico.

"A experiência de combate na Síria e a necessidade de reforçar os territórios árticos e as fronteiras no oeste e no sudoeste exigem os parâmetros básicos do novo programa de rearmamento", disse o governante russo durante uma reunião com funcionários do Ministério de Defesa e do complexo militar-industrial.

Putin lembrou que o Governo russo já trabalha desde o ano passado no novo programa de rearmamento que irá completar o atual, em vigor até o ano 2020 e centrado em modernizar as dotações das Forças Armadas, especialmente da chamada tríade nuclear: aviação estratégica, mísseis intercontinentais e submarítimos atômicos.

O escudo antimísseis de Estados Unidos, desdobrado em parte nos países de Europa oriental, e a expansão da Otan para as fronteiras russas são as principais ameaças incluídas na doutrina militar aprovada em 2014 por Putin.

No final de 2015, o chefe do Kremlin aprovou uma nova estratégia de segurança nacional que permite, caso a diplomacia não tenha efeito, o uso da força para a defesa dos interesses nacionais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.