Policial do MIT baleado perto de Boston era jovem de 26 anos

As autoridades continuam investigando sua morte e ainda não a relacionaram oficialmente com os dois suspeitos das bombas na Maratona de Boston

	Policiais fecham cerco a suspeitos de explosões em Boston: "Sean era um desses meninos que realmente via o trabalho de policial como um chamado. Nasceu para ser policial", disse o chefe de Polícia do MIT, John DiFava.
 (REUTERS/Jessica Rinaldi)
Policiais fecham cerco a suspeitos de explosões em Boston: "Sean era um desses meninos que realmente via o trabalho de policial como um chamado. Nasceu para ser policial", disse o chefe de Polícia do MIT, John DiFava. (REUTERS/Jessica Rinaldi)
D
Da RedaçãoPublicado em 19/04/2013 às 14:51.

Boston - O Massachusetts Institute of Technology (MIT) identificou nesta sexta-feira o policial que morreu a tiros ontem à noite perto de Boston como um jovem de 26 anos que "nasceu para ser policial", segundo palavras do chefe de segurança do campus universitário.

O policial morto era Sean A. Collier, que vivia em Somerville (Massachusetts), indicou o MIT em comunicado.

"Sean era um desses meninos que realmente via o trabalho de policial como um chamado. Nasceu para ser policial", disse o chefe de Polícia do MIT, John DiFava, no comunicado.

As autoridades continuam investigando as circunstâncias de sua morte e ainda não a relacionaram oficialmente com os dois suspeitos das bombas na Maratona de Boston.

Collier foi baleado quando atendeu a um chamado na região entre as ruas Vasser e Main Street do complexo universitário, por volta das 22h30 locais (23h30 de Brasília), segundo o MIT.

O ferido, que apresentava várias marcas de tiros, morreu pouco após ser levado ao Hospital Geral de Massachusetts, em Boston.