Papa reza sozinho e concede perdão aos católicos em meio a coronavírus

A bênção dada pelo papa Francisco permite que mais de 1,3 bilhão de católicos obtenham a indulgência plenária, ou seja, o perdão de seus pecados

Pela primeira vez na historia da Igreja Católica, o papa rezou sozinho nesta sexta-feira (27) diante da imensa praça de São Pedro vazia e deu a bênção de indulgência plenária ao mundo em meio à pandemia de coronavírus.

A bênção dada pelo papa Francisco permite que mais de 1,3 bilhão de católicos obtenham a indulgência plenária, ou seja, o perdão de seus pecados.

O Ministério da Saúde da Itália registrou ao menos 969 mortes por causa do coronavírus na quinta-feira, 26, o maior número desde o início da epidemia no país, e um aumento de 11,9% em relação ao dia anterior (quarta-feira, 25). O balanço divulgado nesta sexta-feira, 27, mostra que, no total, desde o início da epidemia, o país contabiliza 9.134 mortos.

Papa Francisco reza sozinho durante pandemia de coronavírus

"Presidirei um momento de oração no átrio da Basílica de São Pedro. Com a praça vazia. Desde agora, convido todos a participar espiritualmente através dos meios de comunicação. Escutaremos a Palavra de Deus, elevaremos nossa súplica, adoraremos ao Santíssimo Sacramento, com o qual no final darei a bênção Urbi et Orbi e à qual será acrescentada a possibilidade de receber a indulgência plenária", anunciou o próprio papa há alguns dias.

A bênção extraordinária Urbi et Orbi é a mesma que os pontífices costumam transmitir apenas em 25 de dezembro e no domingo de Páscoa, datas em que se lembra o nascimento e a morte de Jesus.

Um evento extraordinário

"Se trata de um evento extraordinário presidido pelo papa, em um momento específico, quando o mundo cai de joelhos pela pandemia. Um momento de graça extraordinária que nos dá a oportunidade de viver esse tempo de sofrimento e medo com fé e esperança", explicou o Vaticano em uma nota.

Papa Francisco reza sozinho durante pandemia de coronavírus

Desde que a epidemia de coronavírus eclodiu na Europa, o papa Francisco se pronunciou em várias ocasiões, lembrando em particular dos médicos e enfermeiros, que estão na linha de frente da luta, e pedindo aos padres para acompanhar os doentes e moribundos.

A bênção papal do átrio de São Pedro será especialmente seguida na América Latina, o continente onde reside o maior número de católicos e terra do pontífice Francisco, nascido na Argentina.

Papa Francisco reza sozinho durante pandemia de coronavírus

Francisco, que teve que limitar suas ações e agenda para evitar possíveis contágios, se prepara para celebrar a primeira Semana Santa da era moderna, sem fiéis nem procissões.

As últimas notícias da pandemia do novo coronavírus:

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.