Papa Francisco deixa o hospital após 11 dias internado

O pontífice argentino, de 84 anos, foi operado para retirar uma parte do cólon, em uma intervenção cirúrgica feita com anestesia geral
Durante sua internação, Francisco defendeu o direito de uma saúde gratuita para todos (VATICAN MEDIA/AFP)
Durante sua internação, Francisco defendeu o direito de uma saúde gratuita para todos (VATICAN MEDIA/AFP)
Por AFPPublicado em 14/07/2021 07:31 | Última atualização em 14/07/2021 07:34Tempo de Leitura: 2 min de leitura

O papa Francisco deixou o Hospital Gemelli, em Roma, nesta quarta-feira (14), após a operação de cólon, à qual foi submetido em 4 de julho. O pontífice argentino, de 84 anos, foi operado para retirar uma parte do cólon, em uma intervenção cirúrgica feita com anestesia geral.

  • Assine a EXAME e acesse as notícias mais importantes em tempo real.

Francisco deixo o hospital em um veículo preto, de janelas escurecidas (foto), como constataram os fotógrafos de plantão na entrada do estabelecimento.

Ao longo de seus 11 dias internado, o papa acompanhou o noticiário internacional, enviou mensagens de pêsames pelo assassinato do presidente do Haiti e defendeu o direito de uma saúde gratuita para todos.

Também celebrou o tradicional Ângelus dominical da varanda do hospital, visitou pacientes com câncer no 10º andar, o mesmo onde ficou instalado, e celebrou várias missas na capela com a equipe médica e demais funcionários que o atenderam durante a internação.

O sumo pontífice deve descansar durante todo mês de julho no Vaticano. Nenhuma audiência geral ou reunião oficial foi marcada para este período.

De acordo com sua agenda, ele celebrará o Ângelus de domingo do Palácio Apostólico da Praça de São Pedro.