A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Otan diz que assassinato de embaixador é "ato atroz"

"Minhas condolências a família e aos cidadãos russos. Não há justificativa para semelhante ato atroz", afirmou Stoltenberg, em postagem no Twitter

Bruxelas - O secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, condenou nesta segunda-feira o ataque contra o embaixador da Rússia na Turquia, Andrey Karlov, que acabou morto a tiros durante uma exposição fotográfica em Ancara.

"Minhas condolências a família e aos cidadãos russos. Não há justificativa para semelhante ato atroz", afirmou Stoltenberg, em postagem no Twitter.

Depois de atirar em Karlov, Mevlüt Mert Altintas, um ex-policial de 22 anos, começou a gritar frases, em turco, que relacionavam o ataque à situação em Aleppo, na Síria.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também