Mundo

ONU alerta que faltam 'muitas questões a resolver' antes da COP29

Simon Stiell, secretário-executivo, falou sobre o tema após uma rodada de negociações na cidade alemã de Bonn

O secretário-executivo da Convenção das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, Simon Stiell (AFP)

O secretário-executivo da Convenção das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, Simon Stiell (AFP)

AFP
AFP

Agência de notícias

Publicado em 14 de junho de 2024 às 08h48.

O secretário-executivo da Convenção das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, Simon Stiell, disse nesta quinta-feira, 13, que restam "muitas questões a resolver" antes da reunião de cúpula COP29 no Azerbaijão, após uma rodada de negociações na cidade alemã de Bonn.

"Demos passos modestos aqui em Bonn, mas restam muitas questões a resolver, muitos temas que ainda estão sobre a mesa", disse Stiell. "Resta muito a fazer de agora até o fim da COP29", em novembro.

O secretário discursou no encerramento dos dez dias de negociações que antecederam a reunião de cúpula, que vai focar neste ano no financiamento da luta contra as mudanças climáticas.

Os países ricos se comprometeram em 2009 a aumentar sua ajuda climática aos países em desenvolvimento para 100 bilhões de dólares (540 bilhões de reais) anuais até 2020, uma meta cumprida apenas dois anos depois.

A COP29 deve definir um novo objetivo para depois de 2025, mas ainda não há um consenso sobre o montante, os contribuintes e o destino desse dinheiro.

 

Acompanhe tudo sobre:ONUMudanças climáticasCOP29

Mais de Mundo

Petro pede grande mobilização de camponeses para promover reforma agrária

Terceiro caso humano de peste bubônica é confirmado nos Estados Unidos

Novo premiê britânico promete a Zelensky o apoio do Reino Unido

Caminho para entrada da Ucrânia na Otan é 'irreversível', afirma secretário de Estado dos EUA

Mais na Exame