Número de refugiados sírios no Líbano supera 1 milhão

O número de refugiados sírios no Líbano superou a marca de um milhão, uma situação que afeta profundamente a economia deste país

Beirute - O número de refugiados sírios no Líbano superou nesta quinta-feira a marca de um milhão, uma situação que afeta profundamente a economia deste pequeno país para a qual a ONU pediu uma ajuda internacional urgente.

A população de refugiados, metade deles crianças, já representa 25% da população libanesa, e "o fluxo de chegadas acelera", advertiu o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) em um comunicado.

A Síria enfrenta um conflito civil há três anos, sem nenhuma perspectiva de paz a curto ou médio prazo.

Segundo a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), mais de 150.000 pessoas morreram desde março de 2011. O conflito ficou ainda mais grave nos últimos meses com os combates entre facções de oposição ao regime.

A ONU calcula em 6,5 milhões o número de pessoas deslocadas no interior da Síria e em 2,6 milhões os que foram obrigados a fugir para países vizinhos.

O Líbano é um dos mais afetados pela fuga em massa de refugiados, "uma situação desastrosa, agravada pelo esgotamento rápido dos recursos e o cansaço da população que os recebe", segundo o ACNUR.

O ministro libanês de Assuntos Sociais, Rashid Derbes, pediu "aos países árabes e à comunidade internacional que compartilhem esta carga sem precedentes com o Líbano, antes que a situação explosiva tome proporções mundiais".

Segundo o ACNUR, a cada dia entram no Líbano 2.500 novos refugiados, o que representa mais de uma pessoa por minuto.

O Líbano virou o país "com a maior concentração per capita de refugiados de todo o mundo", destacou o ACNUR.

"Não podemos deixar que (o Líbano) carregue sozinho este peso", disse o diretor do ACNUR, Antonio Guterres.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.