Militares dizem ter tomado o controle na Turquia

Exército turco tenta tomar o poder neste momento na Turquia. Aeroportos estão fechados e há tanques nas ruas de Istanbul e Ancara

São Paulo – Os militares estão tentando tomar o poder neste momento na Turquia. A informação foi divulgada nessa noite pelo primeiro-ministro do país, Binali Yildirim. Em nota divulgada há poucos minutos, o exército diz ter o controle total de todo o país. 

Segundo o jornal britânico The Telegraph, que ouviu uma jornalista britânica baseada em Istanbul, foram vistos tanques nas ruas da cidade e há relatos de conflitos entre militares e forças policiais. Um general do alto escalão do exército foi tomado como refém.

O governo de Tayyip Erdogan, no entanto, nega essas informações. Em entrevista a uma rede turca, divulgada pela rede de notícias CNN, Yildirim disse que há uma tentativa de golpe em andamento e que “aqueles que tentarem pagarão um preço alto”. 

Ainda de acordo com a CNN, a Embaixada dos EUA no país relatou que jatos estão sobrevoando a cidade de Istambul e que duas pontes da cidade estão fechadas. Testemunhas relataram à agência Reuters que o aeroporto internacional de Ataturk, que está em Istanbul, teve todos os seus voos cancelados.

Nas redes sociais, um vídeo assustador mostra o momento em que uma aeronave militar sobrevoa a capital Ancara. Veja abaixo:


Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.