Milícias xiitas matam alto responsável do EI em Mosul

Brigadas "Hezbollah", que fazem parte da Multidão Popular, informaram sobre a morte do líder jihadista Salem Abatu durante bombardeio
Exército iraquiano derrubou um avião não-tripulado do EI no bairro de Al Intisar, no sudeste de Mosul (Reuters/Stringer)
Exército iraquiano derrubou um avião não-tripulado do EI no bairro de Al Intisar, no sudeste de Mosul (Reuters/Stringer)
Por EFEPublicado em 22/11/2016 11:10 | Última atualização em 22/11/2016 11:10Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Erbil - Um alto responsável do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) morreu nesta terça-feira em um bombardeio com projéteis perpetrado por um ramo das milícias xiitas pró-governo Multidão Popular na comarca de Tal Afar, a 60 quilômetros de Mosul.

As brigadas "Hezbollah", que fazem parte da Multidão Popular, informaram em comunicado sobre a morte do líder jihadista Salem Abatu em um bombardeio a um dos redutos do EI no centro da mencionada comarca.

Além disso, disseram que todas as facções das milícias xiitas se encontram na periferia da cidade de Tal Afar, capital da comarca homônima, após terem recuperado há poucos dias o aeroporto militar.

Além disso, acrescentaram que as milícias estão preparadas para irromper na capital nas próximas horas sempre e quando forem dadas ordens militares para isso.

Por outro lado, o Exército iraquiano derrubou um avião não-tripulado do EI no bairro de Al Intisar, no sudeste de Mosul, disse à Agência Efe um responsável da IX Brigada de Blindados, coronel Adel al Yomeili.

O drone estava dotado de várias câmeras e tinha um sistema de transmissão ao vivo, acrescentou o militar.

Em 17 de outubro, as tropas iraquianas e curdas iniciaram uma grande ofensiva militar para tentar arrebatar do EI a província de Ninawa, especialmente sua capital Mosul, que foi conquistada pelos terroristas em 2014.

Dias mais tarde, a Multidão Popular se uniu à ofensiva pela frente ocidental, enquanto as forças iraquianas e curdas atacam desde os lados norte, sul e leste.