Luxemburgo: UE precisa de razão clara e abrangente para prorrogar Brexit

Parlamento britânico vai possibilidade de adiamento de última hora da saída do Reino Unido do bloco econômico
Xavier Bettel: primeiro-ministro de Luxemburgo afirmou que UE não aceitará prorrogar Brexit por qualquer motivo (Mohamed Abd El Ghany/Reuters)
Xavier Bettel: primeiro-ministro de Luxemburgo afirmou que UE não aceitará prorrogar Brexit por qualquer motivo (Mohamed Abd El Ghany/Reuters)
Por ReutersPublicado em 14/03/2019 13:56 | Última atualização em 14/03/2019 13:56Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Bruxales - A União Europeia precisará de um motivo muito claro e abrangente para concordar com o pedido para estender as negociações do Brexit para além do prazo final de 29 de março, disse o primeiro-ministro de Luxemburgo, Xavier Bettel, na quinta-feira.

"'Mantenha a calma e beba chá' não é uma opção para o Brexit nos próximos dias. Precisamos de uma razão muito clara e abrangente para um adiamento estendendo o artigo 50", disse Bettel no Twitter.

O Parlamento britânico deve votar, nesta quinta-feira, a possibilidade de um adiamento de última hora do Brexit, ao mesmo tempo em que a primeira-ministra, Theresa May, renova a pressão sobre parlamentares relutantes em apoiar seu acordo de separação da UE pela terceira vez.

Duas semanas antes de o Reino Unido deixar a União Europeia, May está usando a ameaça de uma longa extensão do prazo do Brexit para pressionar membros eurocépticos em seu Partido Conservador a finalmente apoiar seu acordo. Essa votação pode ocorrer na próxima semana.

(Reportagem de Jan Strupczewski)