Líderes do G7 dizem estar prontos para intensificar sanções

Líderes disseram que estavam prontos para intensificar as sanções contra a Rússia, em caso de mais desestabilização na Ucrânia

Haia - Os líderes do G7 disseram em comunicado nesta segunda-feira que estavam prontos para intensificar as sanções contra a Rússia, em caso de mais desestabilização na Ucrânia.

Após uma reunião em Haia, o grupo afirmou que, em resposta à violação russa da soberania e da integridade territorial da Ucrânia, havia imposto uma série de sanções à Rússia e a indivíduos e entidades responsáveis.

"Continuamos prontos para intensificar ações incluindo sanções setoriais coordenadas que terão um impacto cada vez mais significativo na economia russa, se a Rússia continuar a incrementar esta situação", disse o G7.

O grupo também informou que planeja realizar uma cúpula do G7 em Bruxelas, em junho, em vez de uma reunião do G8 com a Rússia em Sochi.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.