Mundo

John Kerry vai a Moscou discutir crise na Síria

O secretário de Estado americano tratará de vários temas em Moscou, incluindo a tensão na zona de Nagorno-Karabaj, disputada por Armênia e Azerbaijão


	John Kerry: o secretário de Estado americano tratará de vários temas em Moscou, incluindo a tensão na zona de Nagorno-Karabaj, disputada por Armênia e Azerbaijão
 (REUTERS/Jacquelyn Martin/Pool)

John Kerry: o secretário de Estado americano tratará de vários temas em Moscou, incluindo a tensão na zona de Nagorno-Karabaj, disputada por Armênia e Azerbaijão (REUTERS/Jacquelyn Martin/Pool)

DR

Da Redação

Publicado em 11 de julho de 2016 às 20h34.

O secretário americano de Estado, John Kerry, viajará a Moscou esta semana para discutir a crise na Síria, anunciou nesta segunda-feira o porta-voz John Kirby.

Kerry tratará de vários temas na quinta e sexta-feira em Moscou, incluindo a tensão na zona de Nagorno-Karabaj, disputada por Armênia e Azerbaijão.

Kirby não confirmou as informações sobre um possível acordo envolvendo ações militares coordenadas contra os grupos jihadistas que operam na região.

"Já dissemos isto antes, seguimos estudando opções, alternativas e propostas sobre (a Frente) Al-Nosra e o Estado Islâmico na Síria".

Em seu giro de seis dias pela Europa, Kerry visitará França em sua festa nacional - 14 de julho - antes de viajar à Rússia, Luxemburgo e Bélgica.

No dia 18 de julho, Kerry concluirá sua viagem em Londres, onde manterá discussões multilaterais sobre a crise no Iêmen e na Síria.

Acompanhe tudo sobre:Estados Unidos (EUA)John KerryMetrópoles globaisMoscouPaíses ricosPolíticosSíria

Mais de Mundo

Republicanos pedem renúncia “imediata” de Biden como presidente

Obama defende “um candidato extraordinário” e evita declarar apoio a Kamala Harris

Democratas enfrentam dilema de apoiar Kamala Harris ou permitir convenção aberta

Se for oficializada pelos Democratas, Kamala Harris pode ser a primeira presidente mulher dos EUA

Mais na Exame