Juiz do caso Manafort diz ter recebido ameaças

Trata-se do primeiro julgamento decorrente da investigação supervisionada por Robert Mueller, que está apura intromissão russa nas eleições de 2016 nos EUA

Washington - O juiz do julgamento de Paul Manafort, ex-gerente de campanha do presidente norte-americano, Donald Trump, disse nesta sexta-feira que não divulgará os nomes e endereços dos jurados procurados pela mídia porque está preocupado com sua "paz e segurança".

O juiz TS Ellis, falando no tribunal enquanto os jurados deliberavam pelo segundo dia, afirmou que recebeu ameaças sobre o caso e está sendo protegido por policiais dos EUA.

"Eu não tinha ideia de que este caso atiçaria essas emoções ... Eu não me sinto bem se divulgar seus nomes", disse ele.

Manafort é acusado de fraude bancária e fiscal no primeiro julgamento decorrente da investigação supervisionada pelo procurador especial dos EUA, Robert Mueller, que está investigando intromissão russa nas eleições de 2016 nos EUA.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.