Japão descarta problemas para financiar reconstrução

O BC japonês vê problemas na cadeia de abastecimento, na energia, no turismo e em outros setores importantes, mas disse que o sistema financeiro poderá cooperar

Nova York - O diretor do banco central japonês (BoJ), Masaaki Shirakawa, disse nesta quinta-feira em Nova York que o Japão não encontrará dificuldades para financiar a reconstrução do país depois do devastador terremoto seguido de tsunami em março.

O banco central japonês vê problemas na cadeia de abastecimento, na energia, no turismo e em outros setores importantes. Mas disse que o sistema financeiro poderá cooperar.

"Contanto que o Japão continue a trabalhar rumo à reconstrução, dificilmente problemas financeiros vão surgir", declarou em discurso no Counsil on Foreign Relations, em Nova York.

Shirakawa afirmou ainda que o desastre ocorreu "em um momento em que a economia do Japão estava gradualmente sendo retomada". Ele declarou que, com a tragédia, era "inevitável" que a produção e a oferta sofressem.

E dada a natureza global da economia, países parceiros como a China e os Estados Unidos também seriam afetados, completou. "O impacto na cadeia de abastecimento poderá espalhar-se internacionalmente", disse.

No entanto, Shirakawa insistiu que o Japão conta com fundos para financiar a reconstrução.

"A sociedade japonesa mostrou resiliência. O trabalho de reconstrução começou gradualmente, mas firmemente", disse.

"O primeiro desafio é garantir a necessidade de financiamento para a reconstrução. A esse respeito, o Japão tem poupança para um período prolongado. De uma perspectiva macroeconômica, esse financiamento não será difícil", disse.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.