• AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,90 -0.61
  • ABCB4 R$ 16,77 -3.29
  • ABEV3 R$ 14,01 -0.92
  • AERI3 R$ 3,64 -1.62
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,86 0.06
  • ALPA4 R$ 20,41 -1.59
  • ALSO3 R$ 19,14 0.21
  • ALUP11 R$ 26,80 0.75
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 30,10 -1.44
  • AMER3 R$ 23,64 2.38
  • AMZO34 R$ 66,64 -0.42
  • ANIM3 R$ 5,47 -0.73
  • ARZZ3 R$ 82,82 2.00
  • ASAI3 R$ 16,03 3.75
  • AZUL4 R$ 21,18 -0.28
  • B3SA3 R$ 12,08 2.29
  • BBAS3 R$ 36,97 3.56
  • AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,90 -0.61
  • ABCB4 R$ 16,77 -3.29
  • ABEV3 R$ 14,01 -0.92
  • AERI3 R$ 3,64 -1.62
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,86 0.06
  • ALPA4 R$ 20,41 -1.59
  • ALSO3 R$ 19,14 0.21
  • ALUP11 R$ 26,80 0.75
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 30,10 -1.44
  • AMER3 R$ 23,64 2.38
  • AMZO34 R$ 66,64 -0.42
  • ANIM3 R$ 5,47 -0.73
  • ARZZ3 R$ 82,82 2.00
  • ASAI3 R$ 16,03 3.75
  • AZUL4 R$ 21,18 -0.28
  • B3SA3 R$ 12,08 2.29
  • BBAS3 R$ 36,97 3.56
Abra sua conta no BTG

Irã nega acusações de ter enviado mísseis ao Iêmen

O secretário de Estado americano, John Kerry, acusou na quinta o Irã de enviar mísseis e outras armas sofisticadas ao Iêmen

	Iêmen: "O Irã reiterou várias vezes que sua potência militar jamais será uma ameaça para nenhum país"
 (Khaled Abdullah
 / Reuters)
Iêmen: "O Irã reiterou várias vezes que sua potência militar jamais será uma ameaça para nenhum país" (Khaled Abdullah
 / Reuters)
Por Da RedaçãoPublicado em 26/08/2016 10:17 | Última atualização em 26/08/2016 10:17Tempo de Leitura: 1 min de leitura

O Irã negou nesta sexta-feira as acusações dos Estados Unidos segundo as quais teria enviado mísseis ao Iêmen, e acusou Washington e Arábia Saudita de prorrogar a guerra naquele país.

O secretário de Estado americano, John Kerry, acusou na quinta o Irã de enviar mísseis e outras armas sofisticadas ao Iêmen, o que constitui, segundo disse, não apenas uma ameaça para a Arábia Saudita e a região, como também para os Estados Unidos.

"Estas palavras são totalmente carentes de fundamento", reagiu o ministro iraniano das Relações Exteriores, Mohammad Javad Zarif.

"O Irã reiterou várias vezes que sua potência militar jamais será uma ameaça para nenhum país", afirmou em um comunicado.

A Arábia Saudita acusou o Irã de tentar desestabilizar a região através dos rebeldes huthis do Iêmen. Riad lidera desde março de 2015 uma coalizão militar para apoiar o presidente Abd Rabbo Mansour Hadi, expulso da capital pelos huthis.

O conflito no Iêmen já causou 6.600 mortos desde então.