Hillary vê perigo diplomático em negociações com Coreia do Norte

Segundo Hillary, o Departamento de Estado perdeu muitos diplomatas com Trump no poder e não restam muitos com a capacidade de negociar

O governo do presidente americano, Donald Trump, "não vê o perigo" nas discussões que deseja iniciar com o regime norte-coreano, afirmou Hillary Clinton, ex-chefe da diplomacia dos Estados Unidos e candidata derrotada por Trump na eleição presidencial.

"Se desejam falar com Kim Jong Un sobre suas armas nucleares, precisam de diplomatas com experiência, o que não há atualmente nos Estados Unidos", afirmou ao jornal holandês Algemeen Dagblad.

"Precisam de pessoas que conheçam bem os processos e que conheçam os norte-coreanos e sua linguagem", completou.

Mas o Departamento de Estado perdeu muitos diplomatas desde que Trump chegou ao poder e não restam muitos com a capacidade de negociar com Pyongyang, recordou a democrata.

"Você não pode ter diplomacia sem diplomatas", advertiu Hillary Clinton, antes de acrescentar que "o governo Trump não está reconhecendo o perigo".

Hillary Clinton estava na Holanda para fazer um discurso sobre a situação internacional.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.