Hillary quer ser porta-voz e defensora dos hispânicos

Hillary se disse convencida de que a "retórica do ódio" de alguns candidatos republicanos vai mobilizar o eleitorado hispânico nas eleições de 2016

Miami - A pré-candidata democrata à presidência dos Estados Unidos Hillary Clinton afirmou nesta segunda-feira que quer ser "a porta-voz e a defensora das necessidades e dos direitos da comunidade hispânica" no país.

Em uma entrevista à emissora "Telemundo", Hillary se disse convencida de que a "retórica do ódio" de alguns candidatos republicanos, especialmente o líder nas pesquisas do partido, Donald Trump, vai mobilizar o eleitorado hispânico nas eleições de 2016.

A ex-secretária de Estado, primeira colocada entre os democratas para a Casa Branca, reiterou seu desejo de ir "além" do presidente Barack Obama em favor dos direitos dos imigrantes e se comprometeu a promover uma "reforma integral" e "um caminho à cidadania" para os imigrantes ilegais.

Hillary expressou sua rejeição às deportações e ressaltou que, se for eleita, não dará sequência a esse tipo de medida.

"Não vou deportar os pais, não vou romper famílias", disse a pré-candidata democrata, se mostrando contrária a utilizar os imigrantes como "bode expiatório" de todos os problemas que preocupam a sociedade americana.

Perguntada pelas ações executivas de Obama em defesa dos imigrantes, hoje paralisadas nos tribunais, Hillary disse que as medidas são legais e afirmou que os republicanos não estão "atuando de boa fé".

Por isso, a pré-candidata democrata se comprometeu, durante os 100 primeiros dias de seu mandato, a defender nos tribunais a legalidade das medidas executivas e controlar os serviços de imigração para que eles parem de "romper famílias".

"Vou tentar trabalhar com os republicanos e os democratas para conseguir um projeto de lei de reforma migratória integral o mais rápido possível", afirmou Hillary.

Sobre o papel do ex-presidente Bill Clinton (1993-2001) em seu futuro governo, Hillary disse que o marido seria "um grande conselheiro". 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.