A página inicial está de cara nova Experimentar close button
Conheça o beta do novo site da Exame clicando neste botão.

Guaidó contraria Maduro e diz que manterá relações diplomáticas com EUA

Opositor se autoceclarou presidente interino da Venezuela e conseguiu apoio de diversos países em meio a protestos contra Maduro

Caracas - O chefe do parlamento venezuelano e autoproclamado presidente em exercício da Venezuela, Juan Guaidó, disse nesta quarta-feira que manterá relações diplomáticas com os Estados Unidos, contrariando a decisão do chefe do Estado, Nicolás Maduro, de romper vínculos com Washington.

"O Estado da Venezuela deseja firmemente que mantenham sua presença diplomática no nosso país", afirma um comunicado divulgado por Guaidó no Twitter e dirigido a "todas as embaixadas presentes na Venezuela".

"Responsavelmente lhes digo que somos uma nação soberana e seguiremos mantendo as relações diplomáticas com todos os países do mundo", acrescentou o opositor.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também