Greta promete doar mais de R$ 600 mil em combate à covid na Amazônia

Ativista sueca venceu prêmio e prometeu doar todo o valor a projetos que ajudem no combate às mudanças climáticas
Greta Thunberg: essa não é a primeira vez que a ativista sueca se mobiliza em favor do Brasil (AFP/Foto)
Greta Thunberg: essa não é a primeira vez que a ativista sueca se mobiliza em favor do Brasil (AFP/Foto)
Por Janaína RibeiroPublicado em 20/07/2020 19:12 | Última atualização em 20/07/2020 19:30Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A ativista Greta Thunberg anunciou na tarde de hoje que vai doar 100 mil euros (610.000 reais na cotação atual) para um projeto em combate ao coronavírus na Amazônia. Recentemente, Greta recebeu mais de 6 milhões de reais através do Prêmio Gulbenkian para a Humanidade, um projeto que integra a campanha SOS Amazônia, do movimento Fridays for Future.

Essa não é a primeira vez que a ativista sueca se mobiliza em favor do Brasil contra o coronavírus. Em maio, ela fez uma campanha mundial em apoio à capital do Amazonas, Manaus, no combate ao coronavírus. Agora, o objetivo da atual doação é coletar insumos médicos e serviços de medicina à população que vive na Floresta Amazônica. Estima-se que mais de 10.000 indígenas contraíram o vírus Sars-CoV-2 até o início deste mês, segundo entidades de apoio à população amazônica.

O projeto Fridays for Future é um movimento popular iniciado em agosto de 2018 por Greta Thunberg. Na época, a ativista decidiu fazer greves todas as sextas-feiras até que as políticas suecas assegurassem a contenção do aquecimento em um nível seguro, bem abaixo dos 2° C, de acordo com o Acordo de Paris. As hashtags #FridaysForFuture e #Climatestrike se espalharam pelo mundo e muitos estudantes se uniram ao movimento.