Governo russo diz que não vai se render ao terrorismo

Ministério das Relações Exteriores da Rússia afirmou que não vai arrefecer a luta contra o terrorismo por conta dos ataques suicidas ocorridos em Volgogrado

Moscou - Por meio de uma nota oficial, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia afirmou que não vai arrefecer a luta contra o terrorismo por conta dos ataques suicidas ocorridos em Volgogrado, na parte meridional do país.

"Os atentados são uma tentativa da parte de terroristas de abrir um combate interno", diz o comunicado, que compara esses incidentes com aqueles que acontecem "nos Estados Unidos, na Síria e em todas partes".

Nesta segunda-feira (30), um homem explodiu o próprio corpo em um ônibus elétrico, deixando pelo menos 14 mortos e 27 feridos, entre os quais três estão em condições "muito críticas". Um bebê de apenas seis meses está em coma e possui diversas feridas na cabeça.

Segundo a ministra da Saúde do país, Veronika Skvortsova, a situação do recém-nascido é extremamente séria e seus pais provavelmente estão mortos.

Além desta, outras duas crianças também se machucaram no atentado.

O autor do ataque carregava quatro quilos de explosivos e é possível que as bombas sejam iguais às utilizadas pela mulher que provocou ontem (29) uma explosão na estação ferroviária de Volgogrado, que matou 17 pessoas.

A terrorista foi identificada como Oksana Aslanova e ela estaria acompanhada por outra moça e um homem, Pavel Pechenkin, que em 2012 se converteu ao islamismo e se uniu aos militantes do Daguestão.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, ordenou que a segurança fosse reforçada em todo o país, que se prepara para receber as Olimpíadas de Inverno em Sóchi, em fevereiro do ano que vem.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.