Geithner diz que mundo espera reação dos europeus à crise

Para o secretário do Tesouro americano, o mundo inteiro alertou os dirigentes da Europa que a responsabilidade de encontrar uma solução é deles
Para Geithner, a crise europeia "começa a prejudicar o crescimento em todas as partes", como o Brasil
 (Nicholas Kamm/AFP)
Para Geithner, a crise europeia "começa a prejudicar o crescimento em todas as partes", como o Brasil (Nicholas Kamm/AFP)
Por Da RedaçãoPublicado em 27/09/2011 09:35 | Última atualização em 27/09/2011 09:35Tempo de Leitura: 1 min de leitura

Nova York - O mundo inteiro levou aos dirigentes europeus a mensagem de que é responsabilidade deles solucionar a crise da dívida, afirmou o secretário do Tesouro americano, Tim Geithner.

"Durante o fim de semana, ouviram todo o mundo afirmar que devem fazer todo o possível para tranquilizar as pessoas sobre sua intenção e capacidade de conter a crise", declarou em uma entrevista ao canal ABC.

Nas reuniões do FMI e do G20 do fim de semana em Washington, os europeus defenderam o plano estabelecido em 21 de julho pasado, que inclui entre outras medidas uma nova ajuda para a Grécia e uma ampliação do Fundo de Estabilização (FESF).

Para Geithner, a crise europeia "começa a prejudicar o crescimento em todas as partes, em países tão afastados como China, Brasil, India, Coreia".

"Os europeus ouviram a mesma mensagem: é hora de atuar".