A página inicial está de cara nova Experimentar close button

FAO e OMS pedem esforços para erradicar desnutrição

Representantes de mais de 190 países presentes nesta conferência adotaram a "Declaração de Roma" sobre a alimentação e um "Marco de Ação"

Roma - A FAO e a OMS convocaram nesta quarta-feira, em Roma, políticos, cientistas, sociedade civil e setor privado a renovar os esforços para fixar metas mais ambiciosas e erradicar a desnutrição no planeta.

"Parte do nosso desequilibrado mundo ainda morre de fome e a outra parte engorda até a obesidade, ao ponto de a expectativa de vida voltar a diminuir", lembrou Margaret Chan, diretora-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) no início da segunda conferência internacional sobre nutrição (CIN2).

Representantes de mais de 190 países presentes nesta conferência de três dias - entre eles vários ministros - adotaram na manhã desta quarta-feira a "Declaração de Roma" sobre a alimentação e um "Marco de Ação", que inclui 60 recomendações para lutar contra a desnutrição, as carências alimentares e a obesidade.

"Temos que ir além. Nossa responsabilidade é transformar estes compromissos em resultados concretos. Espero que nesta conferência anunciemos objetivos que vão além dos que foram fixados", insistiu o brasileiro José Graziano da Silva, diretor geral da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO).

Os debates e as mesas redondas prosseguirão até sexta-feira na sede da FAO em Roma, onde o papa Francisco é esperado na manhã de quinta.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também