Estado Islâmico reivindica ataque em Paris; Macron responde

"A França está mais uma vez pagando o preço do sangue, mas não cederá uma polegada aos inimigos da liberdade", escreveu o presidente francês em seu Twitter

São Paulo - O grupo terrorista Estado Islâmico reivindicou, através de sua agência de notícias, a autoria do ataque a faca em Paris que deixou uma vítima fatal e outras quatro pessoas feridas. Os terroristas afirmam que o ataque foi conduzido por um de seus "soldados". O agressor foi morto pela polícia.

Após o anúncio do grupo terrorista, o presidente da França, Emmanuel Macron, afirmou no Twitter que o país não cederá aos terroristas. "A França está mais uma vez pagando o preço do sangue, mas não cederá uma polegada aos inimigos da liberdade", escreveu. Macron também agradeceu o trabalho dos policiais que "neutralizaram o terrorista" e prestou solidariedade às vítimas.

O promotor François Molins disse que testemunhas relataram que o suspeito gritou "Allahu Akbar", ou "Deus é ótimo" em árabe. Molins disse a repórteres que, com base no método do ataque, autoridades do contraterrorismo estão liderando a investigação sobre possíveis acusações de assassinato e tentativa de assassinato em conexão com motivos terroristas.

O ataque ocorreu na região central da capital francesa. Testemunhas relataram pânico e disseram ao portal francês France24 que a polícia tentou controlar o agressor com um taser, mas a medida não surtiu efeito, o que levou os agentes a fazer dois disparos com arma de fogo. (Caio Rinaldi, com Associated Press)

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.