Espanha: desemprego sobe 3,19% em janeiro

Aumento fez número de desempregados superar os 4 milhões no país

Madri - O desemprego subiu na Espanha 3,19% em janeiro em relação ao mês anterior, superando as 4,2 milhões de pessoas, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pelo ministério do Trabalho.

Em janeiro, havia na Espanha 130.930 desempregados a mais que em dezembro, e o número total de pessoas em busca de trabalho situou-se a 4.231.003, indicou o ministério em um comunicado.

O desemprego passou dos 20% da população economicamente ativa no final de 2010, segundo dados publicados na semana passada pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE), segundo o qual há mais de quatro milhões de espanhóis desempregados há dois anos, desde o primeiro trimestre de 2009.

Este é o nível mais alto em 13 anos no país, que registra a maior taxa de desemprego da Eurozona.

Em relação a janeiro do ano anterior, o desemprego aumentou 4,51%.

Além disso, a taxa de desocupação na Espanha alcançou o dobro da média da Eurozona, que é de 10%.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também