Equador diz ter encontrado "escuta" em embaixada em Londres

Um microfone escondido foi descoberto no local onde o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, está sendo abrigado

Quito - Um microfone escondido foi encontrado na embaixada do Equador em Londres, onde o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, está sendo abrigado, disse o ministro de Relações Exteriores do Equador, Ricardo Patiño.

O ministro afirmou que a origem da "escuta" será revelada na quarta-feira e explicações do país envolvido serão exigidas. Ele não entrou em detalhes.

O microfone foi encontrado em uma operação de rotina antes de sua visita a Londres em 16 de junho, disse a repórteres. A escuta estava no escritório da embaixadora, Ana Alban.

Patiño disse que não estava insinuando que a escuta estava ligada a série de acontecimentos envolvendo Edward Snowden, que pediu asilo no Equador.

Snowden é procurado pelos Estados Unidos sob a acusação de espionagem por revelar informações sobre um programa de vigilância dos EUA. Fonte: Dow Jones Newswires.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.