Crescimento dos EUA no segundo tri é revisado para baixo, a 1%

Departamento de Comércio nesta sexta-feira revisou para baixo a leitura anterior de 1,3%

Washington – A economia dos Estados Unidos cresceu menos no segundo trimestre que o estimado anteriormente, com menos robustez nos estoques empresariais e nas exportações, embora o gasto do consumidor tenha sido revisado para cima.

O Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA se expandiu a uma taxa anual de 1 por cento, informou o Departamento de Comércio nesta sexta-feira, revisando para baixo a leitura anterior de 1,3 por cento.

Economistas previam uma revisão para 1,1 por cento. No primeiro trimestre, a economia avançou apenas 0,4 por cento. A segunda estimativa para o período entre abril e junho confirma que o crescimento ficou quase estagnado nos primeiros seis meses do ano.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.