A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Consumo de gás natural sobe 33% em comparativo anual

Segundo Abegás, consumo de gás natural no Brasil totalizou 64,558 milhões de metros cúbicos por dia

São Paulo - O consumo de gás natural no Brasil totalizou 64,558 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d) em julho, segundo dados divulgados pela Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás) na noite desta terça-feira, 20. O montante representa acréscimo de 32,7% sobre julho do ano passado, mas é 10,9% inferior ao consumo em junho deste ano.

O acréscimo da demanda na comparação anualizada continua a ser impulsionado pela geração termelétrica. A destinação de gás natural às térmicas totalizou 23 milhões de m³/d em julho, um salto de 171,8% em relação a julho de 2012. Outro destaque foi a alta de 434,5% na categoria Outros, constituída basicamente pelas térmicas que não são faturadas pelas distribuidoras, como Araucária (PR), com consumo de 2,3 milhões de m³/d.

O forte consumo de gás pelas térmicas reflete uma tendência vista desde o fim de 2012, quando o governo federal decidiu acionar todas as usinas disponíveis para garantir o suprimento de energia em função das chuvas fracas na ocasião. Pouco a pouco, porém, o governo tem desligado as térmicas, o que contribui para a queda do consumo de gás em julho na comparação com junho.

O destaque negativo do levantamento do mês passado ficou com a indústria, com consumo total de 28,8 milhões de m³/d. O montante representa uma queda de 0,11% em relação a julho de 2012 e de 0,32% na comparação com junho deste ano. O consumo residencial, por outro lado, cresceu 12,7% na comparação anualizada e alcançou 1,18 milhão de m³/d. Em relação a junho deste ano, o consumo se expandiu 5,6%.

A Região Sudeste concentra a maior média de consumo do energético, com volume de 43,1 milhões de m³/d, seguida pela Região Nordeste, com 10,8 milhões de m?/d. As regiões Sul, Centro-Oeste e Norte consumiram 5,8 milhões de m³/d, 3,3 milhões de m³/d e 1,5 milhão de m³/d, respectivamente.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também