Conselho da Europa pede unidade contra o terrorismo

Os atentados ocorridos em Bruxelas, segundo destacou em entrevista coletiva em Estrasburgo, tinham como alvo "os valores europeus"

Paris - O secretário-geral do Conselho da Europa, Thorbjørn Jagland, ressaltou nesta terça-feira que o continente deve se manter unido no combate contra o terrorismo e destacou que essa luta deve ocorrer apoiando-se nos direitos humanos e na lei.

Os atentados ocorridos em Bruxelas, segundo destacou em entrevista coletiva em Estrasburgo, tinham como alvo "os valores europeus".

"Prevenir a radicalização deveria ser uma prioridade", acrescentou Jagland, que expressou seu pêsame e sua solidariedade com a população belga.

Segundo a ministra belga de Saúde, Maggie De Block, pelo menos 26 pessoas morreram e outras 136 ficaram feridas nas explosões no aeroporto de Zaventem, em Bruxelas, e na estação de metrô de Maalbeek, no centro da capital europeia. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.