Chineses já não representam mais um quinto da população mundial

Após 30 anos representando 22% da população mundial, a China passou a registrar 19% do total

Pequim - Após 30 anos representando 22% da população mundial, a China passou a registrar 19% do total, segundo declarou nesta segunda-feira o principal órgão responsável da demografia do Governo chinês.

Segundo informou a agência oficial "Xinhua", Li Bin, diretor da Comissão Estatal de População e Planejamento Familiar, anunciou a estatística durante uma cerimônia para celebrar o Dia Mundial da População no país asiático.

Li ressaltou que a China é o país em desenvolvimento com menor taxa de natalidade, e que sua esperança de vida passou em três décadas de 68 a 73,5 anos, um número comparável a das nações desenvolvidas.

O responsável de controle demográfico também apontou que China continuará as políticas para manter sob o taxa de nascimentos, apesar das campanhas dos últimos anos, especialmente nas regiões mais desenvolvidas do país, a enfraquecer a política do "filho único".

Tal política foi aplicada no final dos anos 1970 para frear a superpopulação na China, e, segundo as estatísticas governamentais, se o país não a tivesse aderido atualmente teria 1,7 bilhão de habitantes, em vez do 1,3 bilhão atual.

Isso contribuiu à melhora de muitos indicadores sociais, como a renda per capita, a extensão da educação e a redução no número de pessoas que vivem na pobreza, mas teve também efeitos negativos para o país, como o envelhecimento da população, ou os abortos seletivos e abandonos de meninas por famílias que preferem ter um filho homem.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também