Chile confirma queda de avião que desapareceu com 38 pessoas

A Força Aérea informou em um comunicado que ainda não conseguiu localizar o avião e determinar se há sobreviventes

Santiago --- A Força Aérea do Chile confirmou nesta terça-feira (10), a queda de um avião de carga com 38 pessoas que desaparecera na véspera durante voo para uma base na Antártida.

A aeronave Hércules C130 decolou na segunda-feira às 16h55 (horário local) da cidade de Punta Arenas, no sul do país, e perdeu contato logo após às 18h.

A Força Aérea informou em um comunicado que ainda não conseguiu localizar o avião e determinar se há sobreviventes, mas que concluiu que a aeronave deve ter caído devido ao total de horas que já está desaparecida.

A Aeronáutica chilena também explicou que estava fazendo contato com as famílias dos 17 tripulantes e 21 passageiros do avião.

"Os esforços de busca continuam no setor em que a comunicação com a aeronave foi perdida, a fim de resgatar possíveis sobreviventes", acrescentou.

Na segunda-feira, as Forças Armadas declararam estado de alerta devido à perda de comunicação com o avião, e uma equipe multidisciplinar de busca e resgate foi ativada.

A aeronave faria uma operação de apoio logístico para manutenção da base e de outras instalações chilenas na Antártida.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.