Casa Branca reitera apoio de Trump a uma "Espanha unida"

Anteriormente, o Departamento de Estado americano tinha enfatizado em um comunicado que "a Catalunha é uma parte integral da Espanha"

Washington - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, apoia uma "Espanha unida", afirmou nesta sexta-feira a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, depois que o parlamento da região da Catalunha aprovou uma resolução para desenvolver o marco legal de uma "república" independente.

Ao responder às perguntas dos jornalistas em sua entrevista coletiva, a porta-voz disse "não ter conhecimento" de contatos entre os governos americano e espanhol durante o dia de hoje, mas reiterou que os Estados Unidos apoiam uma "Espanha unida".

Anteriormente, o Departamento de Estado americano tinha enfatizado em um comunicado que "a Catalunha é uma parte integral da Espanha".

"A Catalunha é uma parte integral da Espanha, e os Estados Unidos apoiam as medidas constitucionais do governo espanhol para manter a Espanha forte e unida", disse no comunicado a porta-voz do Departamento de Estado, Heather Nauert.

O Departamento de Estado também assinalou que os EUA "desfrutam de uma grande relação de amizade" e de uma parceria "duradoura" com a Espanha, seu "aliado" na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), organização à qual a Espanha se uniu em 1982.

"Nossos países cooperam estreitamente para impulsionar nossas prioridades compartilhadas em segurança e na economia", ressaltou a porta-voz do Departamento de Estado americano.

O parlamento da região da Catalunha aprovou hoje uma resolução na qual solicita que sejam tomadas as medidas necessárias para desenvolver o marco legal de uma "república" independente da Espanha.

Em resposta, o Senado espanhol aprovou por maioria absoluta as medidas que o governo central propôs para restabelecer a legalidade nesse território autônomo, com base no artigo 155 da Constituição espanhola.

Após essa aprovação, o governo espanhol anunciou a destituição de todo o governo regional da Catalunha, a dissolução do parlamento local e anunciou a convocação de eleições regionais para 21 de dezembro, assim como o fechamento das delegações da região no exterior, com a exceção da de Bruxelas, relativa à União Europeia.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.