Bebida alcoólica envenenada mata 27 no Paquistão

Venda de álcool é proibida no país, que tem maioria muçulmana, e cristãos pobres acabam comprando bebida alcoólica caseira

Multan - A polícia do Paquistão informou que o número de mortos pelo consumo de bebida alcoólica envenenada durante o feriado do Natal subiu para 27. O fato ocorreu no leste do país, na província do Punjab.

Oficial da polícia local, Atif Imran Qureshi disse nesta terça-feira que dezenas de pessoas foram levadas a hospitais na cidade de Toba Tek Singh, após consumirem álcool contaminado.

Doze mortes haviam sido confirmadas na segunda-feira e, nesta terça-feira, outras 15.

O álcool é proibido no Paquistão, um país de maioria muçulmana, mas as leis locais permitem que os que não são muçulmanos comprem álcool em lojas licenciadas.

A maioria dos cristãos pobres, porém, compra bebida alcoólica caseira, que é mais barata, porém causa mortes quase todos os anos no país.

Fonte: Associated Press.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.