• AALR3 R$ 20,33 0.15
  • AAPL34 R$ 68,33 1.52
  • ABCB4 R$ 17,33 -0.06
  • ABEV3 R$ 14,25 0.78
  • AERI3 R$ 3,76 1.62
  • AESB3 R$ 10,74 0.37
  • AGRO3 R$ 31,03 0.62
  • ALPA4 R$ 21,01 1.30
  • ALSO3 R$ 19,43 1.73
  • ALUP11 R$ 26,75 0.56
  • AMAR3 R$ 2,45 4.26
  • AMBP3 R$ 30,80 0.85
  • AMER3 R$ 23,10 0.65
  • AMZO34 R$ 68,00 1.61
  • ANIM3 R$ 5,61 1.81
  • ARZZ3 R$ 81,97 0.95
  • ASAI3 R$ 15,59 0.91
  • AZUL4 R$ 21,23 0.00
  • B3SA3 R$ 12,01 1.69
  • BBAS3 R$ 35,68 -0.64
  • AALR3 R$ 20,33 0.15
  • AAPL34 R$ 68,33 1.52
  • ABCB4 R$ 17,33 -0.06
  • ABEV3 R$ 14,25 0.78
  • AERI3 R$ 3,76 1.62
  • AESB3 R$ 10,74 0.37
  • AGRO3 R$ 31,03 0.62
  • ALPA4 R$ 21,01 1.30
  • ALSO3 R$ 19,43 1.73
  • ALUP11 R$ 26,75 0.56
  • AMAR3 R$ 2,45 4.26
  • AMBP3 R$ 30,80 0.85
  • AMER3 R$ 23,10 0.65
  • AMZO34 R$ 68,00 1.61
  • ANIM3 R$ 5,61 1.81
  • ARZZ3 R$ 81,97 0.95
  • ASAI3 R$ 15,59 0.91
  • AZUL4 R$ 21,23 0.00
  • B3SA3 R$ 12,01 1.69
  • BBAS3 R$ 35,68 -0.64
Abra sua conta no BTG

Barueri, em SP, entra na era da energia inteligente

AES Eletropaulo anunciou nesta segunda-feira um projeto de smart grid na região, que vai atender mais de 250 mil habitantes até 2015

	Todo comércio, indústria, prédio público e residência de Barueri terá medidor inteligente
 (GERMANO LUDERS)
Todo comércio, indústria, prédio público e residência de Barueri terá medidor inteligente (GERMANO LUDERS)
Por Vanessa BarbosaPublicado em 29/04/2014 12:00 | Última atualização em 29/04/2014 12:00Tempo de Leitura: 2 min de leitura

São Paulo – Mais uma cidade paulista entra na era da energia inteligente. Depois de Aparecida, chegou a vez do município de Barueri conhecer as vantagens do sistema smart grid. A revolução começou nesta segunda-feira, com o anúncio de um projeto de R$ 70 milhões da AES Eletropaulo para a região, conforme antecipou EXAME.

Segundo a concessionária, o novo modelo de distribuição de energia na região contemplará 60 mil clientes, beneficiando cerca de 250 mil habitantes. Ao contrário da medição manual de energia, o novo sistema evita erros de medição e permite detectar mais rapidamente eventuais pontos de interrupção no fornecimento de energia.

Com o monitoramento em tempo real, as operadoras de energia podem responder mais rápido a um problema na transmissão de energia, por exemplo. Outro benefício do sistema é o controle de fraudes e redução no custo de manutenção da rede.

A partir de junho, a empresa inicia a instalação de medidores inteligentes para clientes de baixa renda. Nessa etapa, serão beneficiadas 2.100 famílias que hoje têm ligações irregulares e vivem em comunidades.

E esses serão apenas os primeiros. Todo comércio, indústria, prédio público e residência de Barueri terá medidor inteligente. Pelo visor do medidor digital, os clientes de Barueri poderão visualizar diariamente o consumo de energia. Isto permitirá às famílias gerenciarem o seu consumo e acompanhar, por exemplo, quanto será o valor da conta de energia.

A iniciativa conta com a parceria da USP/Enerq, que coordena o Núcleo de Apoio à Pesquisa de Redes Inteligentes da USP; Sinapsis Inovação em Energia, empresa de base tecnológica especializada em redes inteligentes e a FITEC, fundação especializada em projetos de telecomunicações e energia.