Arábia Saudita pode estar envolvida em invasão de telefone de Jeff Bezos

Telefone de Bezos provavelmente foi hackeado com vídeo enviado de uma conta do WhatsApp do príncipe Mohammed bin Salman

São Francisco/ Cairo — Dois oficiais da ONU divulgarão nesta quarta-feira que existem evidências suficientes sugerindo que a Arábia Saudita havia hackeado o telefone do fundador da Amazon, Jeff Bezos, e que tanto o Reino quanto os Estados Unidos deveriam investigar o caso, disse uma pessoa familiarizada com o assunto.

As autoridades das Nações Unidas planejam uma declaração pública afirmando que consideram confiável um relatório forense encomendado pela equipe de segurança de Bezos, que concluiu que seu telefone provavelmente foi hackeado com um vídeo contaminado enviado de uma conta do WhatsApp pertencente ao príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman.

O relatório da FTI Consulting concluiu que grandes quantidades de dados começaram a deixar o telefone de Bezos cerca de um mês após o compartilhamento do vídeo em meados de 2018, disse a pessoa, recusando-se a ser identificada devido à sensibilidade do assunto.

Especialistas externos consultados pela ONU concordaram que, embora o caso não fosse perfeito, as evidências eram fortes o suficiente para justificar uma investigação mais completa.

A embaixada da Arábia Saudita nos EUA rejeitou o relatório.

"Reportagens recentes da mídia que sugerem que o Reino está por trás de uma invasão do telefone de Jeff Bezos são absurdas. Pedimos uma investigação sobre essas alegações para que possamos descobrir todos os fatos", afirmou no Twitter.

A Amazon se recusou a comentar.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.