50 feridos em atentados de Boston permanecem internados

O Centro Médico de Boston indicou hoje que dos feridos que continuam internados ali há um em estado "crítico"

Washington - Dos mais de 180 feridos vítimas dos atentados de uma semana atrás em Boston (EUA), 50 continuam hospitalizados nesta segunda-feira, segundo uma apuração da "CNN" realizado com a informação proporcionada pelos diferentes centros médicos onde são atendidos.

O Centro Médico de Boston indicou hoje que dos feridos que continuam internados ali há um em estado "crítico".

De acordo com "CNN", pelo menos um ferido também se encontra em estado crítico.

Entre os feridos pelas duas bombas que explodiram na linha de chegada da famosa maratona de Boston (Massachusetts) há 14 que perderam algum membro ou parte dela.

Nos atentados, morreram Martin Richard, um menino de oito anos, Krystle Campbell, de 29 anos, e a cidadã chinesa Lu Lingzi, de 23.

Um funeral privado para Krystle aconteceu na manhã de hoje em sua cidade natal, Medford, e um em homenagem à jovem chinesa vai acontecer nesta tarde.

O governador de Massachusetts, Deval Patrick, pediu hoje à cidadania que se una ao minuto de silêncio em homenagem às vítimas dos atentados às 14.50 locais (15h50 de Brasília), ao que também se somará o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, segundo a Casa Branca.

A hora coincide com o momento em que há uma semana explodiram as duas bombas durante a maratona.

Um dos supostos coautores dos atentados, Dzhokhar Tsarnaev, de 19 anos de idade, permanece em um hospital de Boston onde recebe atendimento pelos ferimentos que sofreu em um confronto com a polícia.

Seu irmão mais velho e também suspeito, Tamerlan, de 26 anos, morreu durante um tiroteio com as autoridades na madrugada de sexta-feira passada em que também morreu um agente policial. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.