10 imagens da greve na Argentina

Meios de transporte, bancos, avenidas e rodovias foram alvo da paralisação

São Paulo - A capital da Argentina, Buenos Airesenfrentou hoje uma greve geral feita por sindicatos que se opõem ao governo da presidente Cristina Kirchner. Os grevistas bloquearam os meios de transporte (rodoviário, ferroviário e aéreo), fecharam bancos e se manifestaram pela cidade.

A greve ocorre duas semanas depois de milhares de argentinos terem saído às ruas de Buenos Aires para um panelaço contra o governo. Os sindicatos alegaram que a greve de hoje visa melhores salários e o alívio no imposto de renda dos trabalhadores.

A proposta era que a greve durasse 24 horas. Algumas avenidas e rodovias também foram bloqueadas.

O governo argentino espera um crescimento de 3,4% do PIB em 2012. A agência de classificação de risco Standard & Poor's prevê que o PIB do país cresça 1,5%.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também