Marketing

Starbucks inaugura primeira loja de língua de sinais nos EUA

Na loja, todos os funcionários são proficientes na língua de sinais americana (ASL)

 (Starbucks/Divulgação)

(Starbucks/Divulgação)

Vanessa Barbosa

Vanessa Barbosa

Publicado em 24 de outubro de 2018 às 13h03.

Última atualização em 24 de outubro de 2018 às 13h56.

A Starbucks inaugurou na terça-feira, (23), sua primeira loja que incorpora a língua de sinais. A técnica de ASL esta presente desde o recebimento de pedidos até nos aventais dos baristas.

O estabelecimento, localizado na 6ª e a rua H, em Washington, DC, fica próximo à Universidade Gallaudet, uma escola para alunos surdos e com deficiência auditiva.

Embora alguns funcionários em outros locais da Starbucks possam receber pedidos feitos usando a língua de sinais americana, todos os funcionários nesse local são proficientes em ASL.

A loja foi inspirada pela Starbucks em Kuala Lumpur, Malásia, que abriu em 2016 com nove funcionários surdos.

No ano passado, alguns funcionários dos EUA visitaram essa loja para entender melhor as modificações no projeto e outros detalhes antes de elaborar os planos finais para a loja da D.C.

*Este conteúdo foi publicado originalmente no AdNews.

Acompanhe tudo sobre:MarcasPessoas com deficiênciaStarbucks

Mais de Marketing

'Toda empresa hoje precisa de uma licença social para operar', diz diretor da Vale

Estrelas pagam R$ 66 mil por curso de negócios na Harvard

Google decide manter cookies; entenda o que isso significa para os anunciantes

Adidas tira do ar campanha com Bella Hadid após protestos

Mais na Exame