• AALR3 R$ 20,07 -0.64
  • AAPL34 R$ 68,92 3.20
  • ABCB4 R$ 16,74 0.30
  • ABEV3 R$ 14,10 0.57
  • AERI3 R$ 3,85 5.77
  • AESB3 R$ 10,95 2.34
  • AGRO3 R$ 30,96 0.72
  • ALPA4 R$ 20,80 1.66
  • ALSO3 R$ 19,47 2.42
  • ALUP11 R$ 27,24 1.64
  • AMAR3 R$ 2,48 2.90
  • AMBP3 R$ 31,15 3.66
  • AMER3 R$ 24,11 2.73
  • AMZO34 R$ 66,30 -0.51
  • ANIM3 R$ 5,55 1.83
  • ARZZ3 R$ 79,40 -2.41
  • ASAI3 R$ 16,00 0.25
  • AZUL4 R$ 21,94 3.98
  • B3SA3 R$ 12,15 0.91
  • BBAS3 R$ 38,56 4.22
  • AALR3 R$ 20,07 -0.64
  • AAPL34 R$ 68,92 3.20
  • ABCB4 R$ 16,74 0.30
  • ABEV3 R$ 14,10 0.57
  • AERI3 R$ 3,85 5.77
  • AESB3 R$ 10,95 2.34
  • AGRO3 R$ 30,96 0.72
  • ALPA4 R$ 20,80 1.66
  • ALSO3 R$ 19,47 2.42
  • ALUP11 R$ 27,24 1.64
  • AMAR3 R$ 2,48 2.90
  • AMBP3 R$ 31,15 3.66
  • AMER3 R$ 24,11 2.73
  • AMZO34 R$ 66,30 -0.51
  • ANIM3 R$ 5,55 1.83
  • ARZZ3 R$ 79,40 -2.41
  • ASAI3 R$ 16,00 0.25
  • AZUL4 R$ 21,94 3.98
  • B3SA3 R$ 12,15 0.91
  • BBAS3 R$ 38,56 4.22
Abra sua conta no BTG

Mercado Livre vai entregar 'familiares de presente' no natal

A companhia lançou a campanha "nessas festas, o melhor está chegando" em toda a América Latina para promover encontros entre familiares que ficaram separados durante a pandemia de covid-19
Mercado Livre: A campanha, que será veiculada em toda a América Latina, ainda realizará mais encontros dos familiares até o natal (Exame/Leandro Fonseca)
Mercado Livre: A campanha, que será veiculada em toda a América Latina, ainda realizará mais encontros dos familiares até o natal (Exame/Leandro Fonseca)
Por Estadão ConteúdoPublicado em 14/12/2021 18:40 | Última atualização em 15/12/2021 10:26Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Além das clássicas compras natalinas feitas pelos consumidores brasileiros, este ano o Mercado Livre decidiu entregar outro tipo de presente. Para comemorar o primeiro natal livre das restrições de viagens, a companhia lançou a campanha "nessas festas, o melhor está chegando" em toda a América Latina para promover encontros entre familiares que ficaram separados durante a pandemia de covid-19.

Para promover os encontros, a companhia de e-commerce alugou um avião adesivado com sua logomarca que fará o transporte de 60 passageiros da Argentina, Brasil, México, Peru, Colômbia, Chile e Uruguai rumo ao reencontro com os entes queridos.

"Tratam-se de histórias reais e cheias de alegria, por meio das quais o Mercado Livre se manifesta em favor de que os encontros familiares possam ser o centro das celebrações", explicou a empresa.

Na primeira leva de viagens, os brasileiros Bruna Souza, que estava no México, e Matheus Brum, que mora atualmente no Uruguai foram convidados a voar rumo ao Brasil.

A campanha, que será veiculada em toda a América Latina, ainda realizará mais encontros dos familiares até o natal, a expectativa da companhia é que sejam impactadas pelo menos 1.500 pessoas nas festas de fim de ano.

Aperto de mãos

Por conta da pandemia, ainda em 2020, a gigante do e-commerce decidiu modificar seu clássico logo com duas mãos se apertando para um "toque de cotovelos", que se transformou no comprimento oficial para o momento em que se evitava o avanço do contágio da covid-19.

Para o natal, o Mercado Livre retorna com seu logotipo, segundo a empresa, para convidar as pessoas a se reconectarem e valorizarem os vínculos emocionais.

"Nós continuamos preocupados com a pandemia, mantendo todos os protocolos de segurança neste momento de reencontros", afirma a diretora de marca do Mercado Livre para America Latina, Thais Souza Nicolau.

Campanha de doações

Além dos reencontros para o natal, o braço financeiro do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai realizar uma campanha de doações para o combate à fome no País. A ação será realizada em parceria com as entidades Amigos do Bem e Ação da Cidadania.

As doações poderão ser realizadas direto no aplicativo da fintech através do "Botão de Doar", criado em 2019 especialmente para as campanhas de doação. A arrecadação ocorre até o dia 3 de janeiro na plataforma.

Veja Também

Brasil tem média diária de 97 mortes por covid-19
Brasil
Há 13 horas • 2 min de leitura

Brasil tem média diária de 97 mortes por covid-19