Black Friday: fintech cobra dólar de 2019 em compras online lá fora

Clientes com cartão de débito da fintech receberão cashback, com reembolsos de até 25%
É possível usar o benefício em lojas virtuais como eBay, Amazon, Best Buy e Ali Express (Craig Hastings/Getty Images)
É possível usar o benefício em lojas virtuais como eBay, Amazon, Best Buy e Ali Express (Craig Hastings/Getty Images)
R
Redação

Publicado em 25/11/2021 às 16:30.

Última atualização em 26/11/2021 às 13:04.

Até o dia 29 de novembro, os usuários da Nomad que utilizarem o cartão de débito internacional da fintech para fazer compras em dólar irão usar o câmbio da Black Friday de 2019, quando a moeda estava cotada a R$ 4,22. A ação vale para todos os clientes que fizerem uma remessa mínima de US$ 200, durante todo o mês de novembro.

O benefício vale exclusivamente para compras em lojas virtuais dos Estados Unidos e países que aceitam o cartão da Nomad, exceto o Brasil. É possível, por exemplo, usar o benefício da Black Friday em lojas virtuais como eBay, Amazon (nesses dois casos a exceção são para as versões brasileiras), Best Buy, Ali Express, entre outras.

Quer dar um upgrade no seu currículo? Confira os cursos com descontos na Black Friday da EXAME Academy

A fintech une em uma mesma plataforma soluções financeiras como câmbio, transferências, pagamentos, compras internacionais e investimentos em mercados globais. Também disponibiliza uma conta bancária norte-americana garantida em até US$ 250 mil pelo FDIC, o fundo garantidor americano.

Após efetuar a transação, os clientes da fintech vão receber um cashback referente à diferença entre a cotação do dia e a da Black Friday de 2019, com reembolsos médios de 25%. No dia 4 de novembro deste ano, por exemplo, o dólar custava R$ 5,60. Clientes novos também podem usufruir do benefício.

O reembolso será feito no dia 10 de dezembro. Para mais informações, acesse o site

Aprenda como investir seu dinheiro para realizar sonhos! Comece agora