Mercados

MRS quer emitir R$ 300 milhões em debêntures

Empresa deve apresentar a proposta na assembleia geral realizada no final de maio

Recursos líquidos captados serão utilizados para o reforço do capital de giro e alongamento do perfil da sua dívida (Divulgacao)

Recursos líquidos captados serão utilizados para o reforço do capital de giro e alongamento do perfil da sua dívida (Divulgacao)

DR

Da Redação

Publicado em 15 de maio de 2012 às 10h56.

São Paulo - A MRS Logística irá apresentar na próxima assembleia geral da companhia a proposta para realização da sua quinta emissão de debêntures. Segundo comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta terça-feira, a intenção é distribuir 300 milhões de reais em série única.

A empresa deverá emitir ao todo 300 mil papéis com o valor unitário de mil reais. A previsão é de um prazo de vencimento contando seis anos após a sua emissão.

Segundo a nota, os recursos líquidos captados serão utilizados para o reforço do capital de giro e alongamento do perfil da sua dívida.

A proposta da administração deverá ser apresentada na assembleia geral extraordinária do dia 30 deste mês.

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:"Tabela normal";
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-parent:"";
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:10.0pt;
font-family:"Times New Roman","serif";}

Acompanhe tudo sobre:B3bolsas-de-valoresDebênturesMercado financeiroMRSServiçosSetor de transporte

Mais de Mercados

Empresa responsável por pane global de tecnologia perde R$ 65 bi e CEO pede "profundas desculpas"

Bolsa brasileira comunica que não foi afetada por apagão global de tecnologia

Ibovespa tem leve alta após governo anunciar R$ 15 bi de corte de gastos; dólar cai

Netflix supera expectativa e registra 277 milhões de assinaturas pelo mundo

Mais na Exame