Acompanhe:

Minoritários da Arco pedem rejeição de proposta de compra

Grupo é formados pelas gestoras Arisaig Partners, Gávea Investimentos e Hix Capital e representam 13% do capital da empresa

Arco em letreiro da Nasdaq em dia de estreia das ações em NY (Arco Educação/Divulgação)

Arco em letreiro da Nasdaq em dia de estreia das ações em NY (Arco Educação/Divulgação)

B
Bloomberg

8 de dezembro de 2022, 09h09

Um grupo de acionistas da Arco Platform enviou uma carta pedindo que os membros do conselho de administração da empresa brasileira de tecnologia rejeitem uma proposta para fechar o capital da companhia, de acordo com uma cópia do documento obtida pela Bloomberg.

Arisaig Partners, Gávea Investimentos e Hix Capital, que dizem ter uma participação conjunta de 13%, escreveram que, se a Arco aceitar a proposta feita por General Atlantic e Dragoneer, isso representaria um “tratamento insensível aos acionistas minoritários”, segundo a carta.

O grupo descreveu o preço da oferta de US$ 11 por ação como “desfavorável”, acrescentando que o valor não está “nem perto do aceitável” com base no histórico da Arco como empresa pública, dinâmica de lucros, preço de mercado ponderado por volume e pares.

Gávea e Hix não comentam. Arisaig e Arco não responderam imediatamente a pedido de comentário.

As ações da Arco, que tem sede em São Paulo, fecharam a US$ 13,08 nesta quarta-feira, um prêmio em relação à proposta. A companhia tem um valor de mercado de cerca de US$ 744 milhões.

Leia mais: Arco, dona da SAS e COC, recebe proposta da General Atlantic e Dragoneer; ações sobem