Invest

Apple, payroll e Sabesp: os assuntos que movem o mercado

Os mercados internacionais operam com otimismo na manhã desta sexta-feira, 3

Radar: mercados internacionais reagem com otimismo ao balanço de Apple e notícia de recompra de ações (Leandro Fonseca/Exame)

Radar: mercados internacionais reagem com otimismo ao balanço de Apple e notícia de recompra de ações (Leandro Fonseca/Exame)

Rebecca Crepaldi
Rebecca Crepaldi

Repórter de finanças

Publicado em 3 de maio de 2024 às 08h39.

Os mercados internacionais operam com otimismo na manhã desta sexta-feira, 3. Na Europa, as bolsas sobem na abertura embaladas por balanços positivos de grandes bancos franceses. Nos Estados Unidos, ainda em reação ao discurto mais ameno do presidente do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA), Jerome Powell, os índices futuros também operam no azul. Na Ásia, as bolsas fecharam majoritariamente em alta, de olho em balanços das big techs nos EUA. Por aqui, o Ibovespa futuro sobe, oscilando próximo aos 128 mil pontos às 8h10.

Apple (AAPL34)

A Apple (AAPL34) divulgou seu balanço do primeiro trimestre de 2024 nesta quinta-feira, 2, após o fechamento da sessão. A companhia registrou lucro líquido de US$ 23,65 bilhões no período, queda de 2,1% em comparação com os US$ 24,16 bilhões registrados no mesmo período do ano anterior. Já a receita foi de US$ 90,8 bilhões, o que mostra também uma redução de 4,3% em relação ao 1T23.

Apesar de levemente menores, os números vieram melhor do que o esperado pelos analistas do mercado, o que fez as ações dispararem cerca de 7% no market share de quinta, puxando hoje junto as bolsas asiáticas, europeias e futuros de Wall Street.

Nesta sexta, a companhia anunciou que seu conselho autorizou US$ 110 bilhões em recompras de ações, um aumento de 22% em relação aos US$ 90 bilhões do ano passado. É a maior recompra da história, à frente das recompras anteriores da Apple, segundo dados da Birinyi Associates, o que animou os investidores.

Payroll

Na agenda dos indicadores econômicos, o destaque é o payroll (taxa de desemprego) nos Estados Unidos, que é equivalente ao nosso Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e serve como termômetro sobre a economia local. O índice será divulgado às 9h30.

As estimativas da LSEG é de que 243 mil vagas tenham sido criadas, o que seria uma desaceleração em relação aos 303 mil empregos gerados em março. Os economistas também esperam que a taxa de desemprego se mantenha em 3,8%.

Sabesp (SBSP3)

A Câmara Municipal dos vereadores de São Paulo deu sinal verde para a venda da Sabesp (SBSP3), aprovando, nesta quinta, em segundo turno, o projeto de lei que trata da privatização da companhia na capital paulista. Foram 37 votos favoráveis e 17 contrários. A sessão ocorreu com diversas manifestações contrárias ao projeto.

Logo depois da aprovação, o prefeito Ricardo Nunes (MDB) sancionou o projeto de lei que autoriza a prefeitura a assinar o contrato de prestação de serviço de abastecimento de água e do tratamento de esgoto com a Sabesp privatizada.

Acompanhe tudo sobre:AppleSabespPayrollIbovespabolsas-de-valores

Mais de Invest

Itaú (ITUB4) anuncia novo pagamento de JCP; veja os valores

Payroll-bomba põe em xeque corte em setembro e mercado passa a ver apenas um corte do Fed em 2024

Bradesco (BBDC4) anuncia pagamento de R$ 4 bilhões em JCP aos acionistas

É seguro investir no exterior? Saiba as regras

Mais na Exame