Acompanhe:

Ambev (ABEV3) vai manter melhora sequencial no 4T23, mas lucro líquido deve cair; veja projeções

Os números da Ambev devem ser favorecidos pelo leve crescimento de receita líquida; balanço será divulgado amanhã, 29

Modo escuro

Continua após a publicidade
A Ambev vai reportar os seus resultados do 4° trimestre de 2023 na quinta-feira, 29, antes da abertura do mercado (Ambev/Divulgação)

A Ambev vai reportar os seus resultados do 4° trimestre de 2023 na quinta-feira, 29, antes da abertura do mercado (Ambev/Divulgação)

A Ambev (ABEV3) vai divulgar amanhã, 29, antes da abertura do mercado, o seu balanço do quarto trimestre de 2023. E depois de a companhia ter encerrado o trimestre anterior com um avanço de 25% no lucro líquido, para R$ 3,91 bilhões, as expectativas para o período que abrange os três últimos meses do ano passado é de uma melhora sequencial.

A Genial Investimentos acredita que a Ambev deve reportar um resultado sólido. Os números devem ser favorecidos pelo leve crescimento de receita líquida, que foi impulsionada pela melhora na receita líquida por hectolitro (correspondente a 100 litros), e uma ligeira expansão de margens. “Os principais destaques positivos devem vir, novamente, do Brasil e do segmento CAC (América Central e Caribe), enquanto os negativos do LAS (América Latina do Sul), em virtude do difícil cenário macroeconômico na Argentina, e do Canadá”, dizem os analistas.

O que esperar da Ambev (ABEV3) no 4T23?

Sobre quais serão os resultados da Ambev no 4T23, a Genial projeta uma receita total de R$ 23 bilhões, o que representa um avanço de 1,3% na comparação anual. A projeção é mais otimista do que a mediana das estimativas levantadas pelo InvestingPro, que esperam R$ 22,536 bilhões, leve queda de 0,7% em relação ao 4T22.

Em análise, a plataforma de instrumentos financeiros aponta que as vendas da Ambev desaceleraram em 2023, chegando a cair 1,3% no 3T23 em comparação ao mesmo período do ano anterior. “A expectativa de receita para o 4º trimestre reduziu -12,3% nos últimos 12 meses.”

Ainda assim, os analistas da Genial reforçam a percepção positiva com a fabricante de bebidas. Para a casa, a o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da Ambev no 4T23 deve crescer 6% na comparação anual, alcançando R$ 7,6 bilhões — o que equivale a uma expansão de de 1,7 ponto percentual (p.p.), a qual deve atingir 33%. No entanto, o lucro líquido projetado para o período representa uma queda anual de 12,8%, em R$ 4,5 bilhões.

“Vemos pouco potencial de crescimento na companhia, com um ambiente competitivo cada vez mais acirrado, e enxergamos um baixo upside em relação ao preço atual de tela. Assim, mantemos a cautela com os papéis da companhia”, dizem os analistas. Apesar disso, a Genial destaca que a Ambev, neste ano, deve continuar o seu momentum positivo no Brasil e República Dominicana — mas as perspectivas não são positivas quanto às operações na Argentina e Canadá.

Confira as últimas notícias de Invest:

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Ibovespa fecha estável e encerra maior sequência de quedas do ano
seloMercados

Ibovespa fecha estável e encerra maior sequência de quedas do ano

Há 22 horas

Privatização da Sabesp e balanços de Netflix e TSMC: 3 assuntos que movem o mercado
seloMercados

Privatização da Sabesp e balanços de Netflix e TSMC: 3 assuntos que movem o mercado

Há um dia

Como a Livelo alcançou lucro líquido de mais de R$ 1 bilhão em 2023 
Um conteúdo Bússola

Como a Livelo alcançou lucro líquido de mais de R$ 1 bilhão em 2023 

Há um dia

Brasil sofre duas vezes com a alta do petróleo, diz Alexandre Silverio, CEO da Tenax Capital
seloMercados

Brasil sofre duas vezes com a alta do petróleo, diz Alexandre Silverio, CEO da Tenax Capital

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais