Wall Street: saiba como funciona o mercado financeiro dos EUA

Quem quer entender como investir seu capital em renda variável precisa conhecer melhor Wall Street e seu funcionamento
 (Getty/Getty Images)
(Getty/Getty Images)
D
Da RedaçãoPublicado em 25/08/2022 às 11:00.

Wall Street é o nome dado a um dos maiores centros financeiros do mundo, localizado em Nova York, nos Estados Unidos.

Quem quer entender como investir seu capital em renda variável precisa conhecer melhor Wall Street e seu funcionamento.

O que é Wall Street?

Wall Street é o nome dado a uma rua na ilha de Manhattan, em Nova York. Essa rua abriga as principais instituições financeiras do mercado de capitais norte-americano. O nome dessa rua é usada comumente para se referir ao mercado de capitais dos EUA como um todo.

Entre as principais instituições localizadas nesta rua, estão o BlackRock, Citigroup, JPMorgan Chase e muitos outros.

Além disso, é nessa rua que está localizada a bolsa de valores de Nova York (NYSE), uma das principais bolsas de valores do mundo.

Wall Street é representada em diversas mídias ao redor de todo o mundo por ser o grande centro financeiro mundial.

Wall Street é o nome da rua ou do mercado americano?

De fato, Wall Street é o nome de uma rua na ilha de Manhattan. No entanto, é muito comum ouvir falar frases como “Wall Street está otimista com o mercado” ou “Wall Street opera em baixa”.

Isso porque, com o tempo, o nome da rua passou a se identificar com o mercado de ações dos EUA de forma geral, fazendo com que os dois termos se confundam.

Hoje em dia, portanto, é comum usar o nome Wall Street para se referir ao mercado de ações norte-americano. Além disso, é comum usar o termo mesmo para mercados fora dos Estados Unidos. 

Isso acontece mesmo na bolsa de valores brasileira. Por exemplo: é possível dizer que a Faria Lima, grande centro financeiro localizado em São Paulo, é a Wall Street brasileira.

Como Wall Street surgiu?

Entre os anos de 1685 e 1699, a cidade de Nova York pertencia aos holandeses e se chamava Nova Amsterdã. Nessa época, eles construíram uma muralha para evitar ataques britânicos.

Essa rua recebeu, portanto, o nome de Waalstrat (“rua da parede”, em tradução literal) por ser justamente a rua próxima à muralha.

Mesmo após a conquista da cidade pelos ingleses, o nome dessa região de Manhattan se manteve, sendo apenas traduzido para o inglês como Wall Street.

A origem de Wall Street como sinônimo do mercado de ações é incerta, mas alguns supõem que essa terminologia começou a ser usada após a bolsa de valores americana se instalar nessa rua em Nova York no ano de 1792.

Com o tempo, o mercado de capitais americano foi crescendo e atraindo a atenção de investidores, como é o caso de diversos fundos de investimentos internacionais.

Principais atrações de Wall Street

De fato, os turistas que forem para Wall Street podem não se deparar com grandes pontos turísticos, como é o caso do Empire State Building e da Estátua da Liberdade ou o Central Park, outras localidades de Nova York.

No entanto, a arquitetura de Wall Street é muito característica, remetendo aos estilos arquitetônicos dos séculos 18, 19 e início do século 20.

Portanto, essa arquitetura é referente à chamada Era Dourada dos EUA, marcada por um grande desenvolvimento econômico no país.

Touro de Wall Street

Além disso, existe o famoso Touro de Wall Street, uma escultura de bronze pesando 3,5 toneladas localizada próxima da rua – ou seja, essa estátua não está na famosa rua!

Mesmo assim, ele é um ícone quando se fala no mercado de capitais norte-americano, representando o bull market, quando ações estão em alta, valorizando fundos de ações, por exemplo.

Quais empresas estão em Wall Street?

De fato, fica claro que a importância desse centro financeiro é muito elevada no contexto da economia americana e da economia global também.

No entanto, vale a pena detalhar um pouco mais e aprender sobre as principais empresas que estão localizadas nesta rua de Nova York.

Entre as empresas em Wall Street, destacam-se:

  • BlackRock;
  • Morgan Stanley;
  • Goldman Sachs;
  • JPMorgan Chase;
  • Credit Suisse;
  • Citigroup;
  • Deutsche Bank;
  • Deloitte;
  • E mais!

Portanto, pode-se ver que diversas empresas estão sediadas no local, inclusive empresas com capital aberto na bolsa.

Além disso, outras empresas também ocuparam outros postos importantes nos arredores da rua, criando o chamado distrito financeiro de Nova York.

Qual é a importância de Wall Street para o mundo?

A importância de Wall Street se dá pois esta é a principal região do mercado financeiro dos Estados Unidos e, portanto, o principal centro financeiro do mundo.

Por mais que outros centros financeiros passem a ganhar relevância, como as bolsas do mercado chinês, Wall Street sempre será um referencial para o mercado global.

Além disso, a presença desse centro financeiro em filmes e séries fez despertar o interesse de diversas pessoas, seja nos EUA ou em outros países, por trabalhar no mercado financeiro.

E de fato, muitos começam a se interessar pelos diversos tipos de investimento depois de verem filmes e séries sobre essa região de Manhattan.

Dessa forma, Wall Street impacta milhões de pessoas ao redor do mundo, seja direta ou indiretamente através de seus negócios.

Você ainda tem alguma dúvida sobre o funcionamento de Wall Street e sua importância para o mercado? Confira outros conteúdos como esse em nosso Guia de Investimentos, como:

O que é a SEC?
Os dez homens mais ricos do mundo em 2022
O que é Dow Jones?